Após fortes chuvas, rios ultrapassam cota de atenção no interior de Alagoas


De acordo com a Defesa Civil, rios Jacuípe e Mundaú estão acima dos níveis de atenção, mas não transbordaram. Risco aumenta caso as chuvas continuem nas regiões. Rio Jacuípe, em Alagoas, atinge cota de atenção
Defesa Civil de Alagoas
As chuvas que atingem Alagoas desde o último fim de semana provocaram elevação nos níveis dos rios e lagoas do estado. A Defesa Civil Estadual informou nesta quarta-feira (10) que pelo menos dois rios já atingiram a cota de atenção (veja lista mais abaixo).
Compartilhe no WhatsApp
Compartilhe no Telegram
Apesar do alerta, a Defesa Civil informou que ainda não há risco de transbordamento. Esse risco aumenta, entretanto, caso as chuvas se intensifiquem nos próximos dias.
“As chuvas devem diminuir, mas devem continuar. Devemos ter menor volume de chuvas, intercalado com períodos secos. Mas com o solo encharcado, a preocupação é redobrada porque já tivemos volumes consideráveis”, explica o capitão Douglas Gomes, da Defesa Civil Estadual.
Outra preocupação é que em Correntes (PE), o Rio Mundaú está com o nível acima da cota de atenção.
“Essa água desce para Alagoas, por isso a preocupação. Não tem riscos, por enquanto, de transbordar, mas o alerta aumenta caso volte e chover. Estamos monitorando”, afirma o capitão Douglas Gomes.
Rios e lagoas com níveis elevados:
Jacuípe (Jacuípe): está em 441 cm. A cota de atenção é de 420 cm e a cota de transbordamento é de 530 cm.
Rio Mundaú (Rio Largo): está em 687 cm. A cota de atenção é de 725 cm e a cota de transbordamento é de 860 cm.
Rio Mundaú (União dos Palmares): está em 473 cm. A cota de atenção é de 470 cm e a cota de transbordamento é de 580 cm.
Assista aos vídeos mais recentes do g1 AL
Veja mais notícias da região no g1 AL

Link da fonte

Ver Artigo Completo