Câmara aprova trava de 26,5% em imposto na tributária, mas depois inclui carnes na cesta básica – CartaExpressa – CartaCapital

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira 10 uma espécie de trava no projeto de regulamentação da reforma tributária, a fim de que a alíquota de referência dos novos impostos não ultrapasse, a partir de 2033, a marca de 26,5% – taxa estimada pelo Ministério da Fazenda.

Conforme o texto, se a alíquota furar o teto, o governo terá de elaborar, em conjunto com o Comitê Gestor do IBS, um projeto de lei complementar com medidas para diminuir a carga tributária.

No entanto, logo após aprovar o texto-base com a previsão de alíquota de 26,5%, a Câmara decidiu incluir carnes, peixes e queijos na cesta básica, conjunto de produtos alimentícios que terão alíquota zero. A medida tende a pressionar a taxa de referência da equipe econômica.

Até a noite desta quarta, a previsão era de que as proteínas bovinas e de frango teriam uma taxação parcial, equivalente a 40% da alíquota de referência. Na terça 9, o ministro da Fazenda, Fernando Haddad (PT), chegou a sugerir como solução para o impasse aumentar o cashback para pessoas que não conseguem pagar o “valor cheio” dos produtos.

Link da fonte