Casamento entre mulher e idoso é anulado pela justiça por fraude | Vales de Minas Gerais

Na ação do TJMG, foi alterada a sentença da comarca do Vale do Aço, pelo entendimento que o casamento era fraudulento, devido ao objetivo da mulher de receber benefícios do Instituto de Previdência dos Servidores Militares do Estado de Minas Gerais (ISPM).

Link da fonte

Ver Artigo Completo