Copa América: Colômbia bate Uruguai e vai pegar Argentina – 10/07/2024 – Esporte

A bola parada partindo dos pés de James Rodrígues foi mais uma vez decisiva para a Colômbia na Copa América. Nesta quarta-feira (10), o meia deu nova assistência na competição, desta vez para Lerma, que definiu a vitória sobre o Uruguai, por 1 a 0, e a classificação colombiana para a decisão do torneio.

A final será disputada no próximo domingo (14), às 21h (de Brasília), no Hard Rock Stadium, em Miami, onde os colombianos terão a chance de buscar o segundo troféu do campeonato, 23 anos depois de levar o primeiro título para casa, em 2001, quando superaram o México na final.

Para isso, porém, terá de derrotar a Argentina, atual campeã mundial e da Copa América, além de favorita ao troféu deste ano, embora ainda sem apresentar o mesmo futebol que teve em suas conquistas recentes.

A vitória contra o Uruguai fez a Colômbia superar sua maior sequência invicta na história, com 28 partidas sem derrota, com 22 triunfos e seis empates. E com um diferencial importante uma vez que a série atual é composta de mais vitórias do que a anterior (13 vitórias, 14 empates).

Toda a equipe colombiana tem tido uma ótima jornada no torneio, mas um destaque especial tem sido o meia James Rodrígues, que vestindo a camisa da seleção de seu país tem apresentado o futebol que o torcedor do São Paulo gostaria de vê-lo praticando pelo clube. Com atuações abaixo do esperado, o futuro do jogador no time paulista segue incerto.

Capitão da Colômbia, ele abriu o caminho para a vitória da equipe num momento em que o Uruguai estava melhor na partida. Aos 38 minutos, ele lançou a bola na área em cobrança de escanteio e achou Lerma, bem posicionado para testar firme para o fundo da rede.

Foi o quinto gol marcado de cabeça pela Colômbia na competição. Boa parte deste sucesso no jogo aéreo vem do serviço de James, que chegou à sexta assistência na Copa América, isolado como maior garçom desta edição.

Com o gol, os colombianos assumiram o controle do jogo, dominado até então pelo Uruguai, mas sofreram um duro golpe no fim do primeiro tempo. Muñoz acertou uma cotovelada em Ugarte e foi expulso.

A baixa transformou o segundo tempo em um gol de ataque contra a defesa, embora a Colômbia tenha tentado levar perigo nos contra-ataques e até acertado uma bola no travessão, com Uribe, nos acréscimos.

O placar, porém, não mudou mais e deu fim a um longo jejum no confronto. Desde 2014, os colombianos não venciam o Uruguai.

A última vitória colombiana no duelo ocorreu nas oitavas de final da Copa do Mundo no Brasil, quando James fez dois gols, um deles um golaço de fora da área, que lhe deu projeção mundial.

Aos uruguaios sobrou, agora, a disputa do terceiro lugar, contra o Canadá, no sábado (13), às 21h (de Brasília), no Bank of America Stadium, em Charlotte.

Link da fonte

Ver Artigo Completo