Federação Paranaense lamenta morte de fisiculturista atingido por carro dirigido por adolescente em Ibiporã


André Cavalcanti morreu no local após motorista fazer uma ultrapassagem. Fisiculturista André Cavalcanti, que morreu aos 34 anos
Reprodução/Redes sociais
A Federação Paranaense de Musculação, Fisiculturismo e Fitness do Paraná (IFBB) lamentou, em uma postagem nas redes sociais, a morte do fisiculturista André Cavalcanti, de 34 anos, em um acidente de trânsito em Ibiporã, norte do estado.
Na noite da última sexta-feira (5), André foi atingido por um carro enquanto pilotava uma moto na BR-369.
✅ Siga o canal do g1 PR no WhatsApp
✅ Siga o canal do g1 PR no Telegram
Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o veículo era conduzido por um adolescente de 17 anos, que foi levado para um hospital.
Ele bateu de frente contra a moto ao fazer uma ultrapassagem. Outros dois adolescentes de 15 e 17 anos estavam no carro como passageiros e também passaram por atendimento médico.
Leia também:
Paraná: Desembargador tira licença remunerada uma semana após dizer que ‘mulheres estão loucas atrás dos homens’
Agradecimento: Vítima de violência sexual que pediu socorro em aplicativo agradece restaurante: ‘Obrigada por acreditar em mim’
Veja a manifestação da federação:
“É com grande pesar que comunicamos que o nosso atleta PRO SUPPORT @atletaandrecavalcanti faleceu essa madrugada em um acidente de moto.
Se foi uma vida tão jovem, cheia de planos. Pedimos a Deus que conforte sua família com a notícia dessa tragédia.
André era um grande atleta, amigo, parceiro e será sempre lembrado como a pessoa honesta e dedicada que foi.
Tivemos uma grande perda aqui na terra, mas o céu ganha um presente. Confiantes na eternidade e na misericórdia de Deus, rezemos por ele um Pai Nosso”.
Initial plugin text
Amante do esporte
No perfil que mantinha em uma rede social, André Cavalcanti demonstrava a paixão pelo fisiculturismo. Ele publicava fotos e vídeos de treinos e dos campeonatos que participava.
Nos comentários, amigos manifestaram tristeza pela morte do fisiculturista.
Polícia investiga acidente
A Polícia Civil abriu inquérito para apurar o acidente que matou a vítima.
Segundo o delegado Vitor Dutra de Oliveira, o adolescente que dirigia o carro está internado e ainda não foi ouvido. Ele deve responder por ato infracional equiparado a homicídio de trânsito.
Conforme o delegado, os outros dois adolescentes que estavam no veículo devem ser ouvidos na semana que vem.
Mais assistidos do g1 PR
Leia mais em g1 Norte e Noroeste.

Link da fonte