Fim do Koo no Brasil mostra que não é fácil substituir o X – 09/07/2024 – #Hashtag

Quando o Koo estourou no Brasil, no final de 2022, o frenesi foi enorme. Naquele momento, os usuários do Twitter (que passou a se chamar X) sentiam-se órfãos após o bilionário Elon Musk adquirir a rede social. O nome da rede, com seus trocadilhos, ajudou na viralização.

Na última quarta-feira, 3 de julho, o Koo anunciou o encerramento de suas atividades no Brasil, alegando um “ambiente de financiamento ruim”.

Candidatas a ser o “novo Twitter” aparecem o tempo inteiro. No entanto, nenhuma conseguiu substituir o X, que terminou 2023 com 415 milhões de usuários ativos mensais, segundo a Statista, maior do que os 397 milhões em 2022.

O #Hashtag mostra o status das redes que desejam ocupar este espaço.

Bluesky

Os números mais recentes anunciados pela Bluesky indicam 5,9 milhões de usuários ativos pelo mundo, pouco para ser uma ameaça real ao X. A plataforma tem feito uma série de anúncios. Em fevereiro, por exemplo, tornou-se pública, o que trouxe um boom de 800 mil novos usuários. Em maio, passou a permitir troca de mensagens entre usuários. O ambiente político no Brasil também colabora com o crescimento da Bluesky. Em abril, em meio ao duelo Elon Musk x Alexandre de Moraes, a rede angariou 100 mil novos usuários.

Mastodon

O Mastodon é outro candidato no páreo. O boom pós-Musk é real, mas os números ainda são modestos: em 27 de outubro de 2022, no dia da confirmação da aquisição, existiam apenas 370 mil usuários ativos. Em 16 de fevereiro de 2024, último disponível, havia um milhão de usuários ativos, um aumento de 170%. Atualmente, a rede possui pouco mais de 15 milhões de contas.

Bluesky e Mastodon são redes descentralizadas, que dão maior poder ao usuário e integram o fediverso, em que é possível compartilhar informações entre diferentes plataformas. É uma das apostas delas para fazer frente ao X nos próximos anos.

Threads

O Threads, integrado ao Instagram, é, talvez, a rede com maiores chances de ameaçar o X num intervalo menor de tempo, pois sai de uma base potencial de mais de um bilhão de usuários. Recém-completado um ano, possui 175 milhões de usuários ativos mensais, um número significativo, mas ainda aquém do X. Adam Mosseri, CEO da plataforma, disse recentemente que deseja superar o X retomando o espírito antigo do Twitter, em um plano de médio a longo prazo. Em se tratando da Meta, é bom ficar de olho.

Reddit

O Reddit costuma aparecer em lista de substitutos ao X. A plataforma de fato é gigantesca: mais de dois bilhões de usuários ativos mensais no mundo, 24 milhões no Brasil. Porém, seu uso é bem diferente do Twitter e assemelha-se mais aos antigos fóruns da internet.


LINK PRESENTE: Gostou deste texto? Assinante pode liberar sete acessos gratuitos de qualquer link por dia. Basta clicar no F azul abaixo.

Link da fonte