Goleiro dentro de campo leva tiro na perna disparado por PM. Vídeo

O goleiro Ramón Souza, do Grêmio Anápolis, foi atingido por um tiro de borracha disparado por um policial militar de Goiás na noite desta quarta-feira (10/7). O caso ocorreu durante uma partida oficial em Anápolis, no centro do Estado. O atleta foi atendido em campo e encaminhado, sangrando, para uma unidade de saúde. Não se sabe o estado de saúde dele.

O disparo do tiro foi durante uma confusão após a partida que era válida pela 12ª rodada da divisão de acesso do Campeonato Goiano, na qual o Grêmio foi derrotado pelo Centro-Oeste por 2 a 1. O clube divulgou, nas redes sociais, uma nota na qual repudiou o ato e atribuiu o fato a um policial do Comando de Policiamento Especializado (CPE).

Veja vídeo:

 

Na publicação, o clube disse que o jogador foi “atingido de forma covarde”. “Um ato horrível, inacreditável e criminoso de alguém que deveria prezar pela pela segurança e integridade das pessoas, que ali estavam no Estádio Jonas Duarte, em Anápolis.

Pela transmissão da Federação Goiana de Futebol (FGF) foi possível ouvir o momento do disparo. Um jogador do Grêmio Anápolis concedia uma entrevista quando houve o estrondo e a conversa foi interrompida. Como a transmissão não mostrava o local onde o goleiro estava, não foi possível ver o disparo do tiro.

O Metrópoles pediu explicações à Polícia Militar do Estado de Goiás (PMGO) sobre o fato e aguarda resposta. O espaço segue aberto.

Link da fonte

Ver Artigo Completo