Marçal diz que apoio do União é caro e cacique nega ter falado com ele

São Paulo – Pré-candidato à Prefeitura da capital, o influenciador Pablo Marçal (PRTB) confirmou que está em conversas com o União Brasil para selar um eventual apoio, mas acrescentou que o partido está cobrando “caro demais”.

“O União, provavelmente, vai andar com a gente. Só não sê-lo-ei [sic] porque tá caro demais o pedido deles. Preciso crescer um pouco mais”, afirmou Marçal em sabatina promovida por UOL/Folha na tarde desta quarta-feira (10/7).

Quando questionado sobre o quão caro seria, o influenciador respondeu: “É tipo a minha alma e eu não quero entregar isso.”

O Metrópoles divulgou que o União estuda desembarcar da coligação do prefeito Ricardo Nunes (MDB) para apoiar Marçal nestas eleições. O acordo é atrelado ao apoio do influenciador à candidatura do governador goiano Ronaldo Caiado (União) à Presidência em 2026, algo que Marçal disse que só cumprirá caso o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) permaneça inelegível.

“Independentemente de qualquer acordo que fizer, vou apoiar o Bolsonaro”, afirmou.

O presidente nacional do União, Antônio Rueda, teria alertado Marçal de que, em São Paulo, as decisões do partido são tomadas pelo vereador Milton Leite, presidente da Câmara Municipal e do diretório da legenda na capital.

Ao Metrópoles, Milton Leite disse que ele próprio não esteve com o influenciador: “Nunca falei com ele.”

8 imagens

Pablo Marçal discursa no palanque de Tarcísio de Freitas em 2022

João Doria e Pablo Marçal
O deputado federal Otoni de Paula (MDB-RJ) anuncia Pablo Marçal na Câmara dos Deputados
Pablo Marçal entrevista a economista Marina Helena (Novo) para o programa dele no YouTube
Marçal junto do deputado Marcel van Hattem (Novo-RS)
1 de 8

Pablo Marçal ao lado do ex-presidente Jair Bolsonaro

Reprodução/Instagram

2 de 8

Pablo Marçal discursa no palanque de Tarcísio de Freitas em 2022

Reprodução/Instagram

3 de 8

João Doria e Pablo Marçal

Reprodução/Instagram

4 de 8

O deputado federal Otoni de Paula (MDB-RJ) anuncia Pablo Marçal na Câmara dos Deputados

Reprodução/Instagram

5 de 8

Pablo Marçal entrevista a economista Marina Helena (Novo) para o programa dele no YouTube

Reprodução/Instagram

6 de 8

Marçal junto do deputado Marcel van Hattem (Novo-RS)

Reprodução/Instagram

7 de 8

A deputada estadual bolsonarista Dani Alonso (PL-SP) se diz amiga de Pablo Marçal

Reprodução/Instagram

8 de 8

Pablo Marçal conversa com o senador Sergio Moro

Igor Gadelha/Metropoles

Marçal quer vice mulher

Nas conversas com o União, o PRTB, partido de Marçal, teria oferecido a vice ao partido em troca de apoio. Na sabatina, Marçal afirmou que gostaria que o nome fosse o de uma mulher, mas que não pode transformar o requisito em uma exigência porque “a política não funciona assim”.

O União já estuda algumas opções como a ativista da causa animal Luisa Mell e a médica Nise Yamaguchi, conhecida por ter sido defensora do uso da cloroquina como forma de tratamento da Covid-19. Nise é um nome que agrada ao próprio Marçal, que teria feito um convite a ela assim que decidiu lançar sua pré-candidatura à Prefeitura.

Link da fonte

Ver Artigo Completo