Previsão do tempo indica chuva e frente fria em Rondônia após um mês de estiagem ‘crítica’


De acordo com o Censipam, a massa de ar seco começa a enfraquecer no estado a partir deste sábado (6). Temperaturas devem começar a cair na segunda-feira (8). Chuva
Lucas Amorelli/NSC
Depois de um mês de altas temperaturas e estiagem “crítica”, moradores de Rondônia serão “beneficiados” com chuvas e uma frente fria, de acordo com a previsão do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam).
De acordo com o Censipam, a massa de ar seco começa a enfraquecer no estado a partir deste sábado (6) e permite o aumento da umidade e também das condições de chuva em todo o Sul da Amazônia.
A previsão para o sábado é de céu nublado e tempo abafado com possibilidade de chuva isolada na capital e Vales do Jamari, Mamoré e Guaporé, além da Ponta do Abunã, do Baixo Madeira e do nordeste do estado.
No domingo (7) o tempo não muda muito. A previsão ainda é de sol e calor, apesar do aumento gradual da umidade.
A frente fria prevista pelo Censipam deve chegar no estado na segunda-feira (8), mudando o tempo em todo estado. A previsão é de céu nublado com possibilidade de chuva a qualquer hora do dia nas regiões dos Vales do Guaporé e Mamoré e na Ponta do Abunã. As temperaturas devem começar a cair no início da semana, em todo o estado.
Um mês sem chuva
De acordo com o Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam), no dia 25 de Junho a cidade de Porto Velho completou um mês sem registro de chuva. Os moradores enfrentam altas temperaturas e tempo seco.
Na quinta-feira (4), o governo de Rondônia publicou um decreto onde declara emergência em razão do período ‘crítico’ de estiagem enfrentado no estado. O decreto que já está em vigor tem validade de 180 dias.

Link da fonte

Ver Artigo Completo