Se Rasgum anuncia cantora Céu como atração em dia gratuito do festival em Belém | Pará

O Festival Se Rasgum anunciou, nesta quinta-feira (11), as atrações de duas noites gratuitas em Belém. Os shows serão entre os dias 11 a 14 de setembro.

No dia 11, a programação é gratuita, em uma casa de shows na tv. Praça Waldemar Henrique, no bairro do Reduto. A headliner será a cantora Céu, na festa de abertura do festival.

A paulista vai apresentar canções do sexto disco da carreira, “Novela”, além de repertório de grandes sucessos, que a levaram para o primeiro lugar nas paradas de música do mundo e oito indicações ao Grammy Latino e três vitórias, especialmente pelos álbuns Tropix (2017) e Apka! (2019).

Na mesma noite, um encontro inusitado de duas referências do rock alternativo: todo o caos, humor e frescor dos paraenses do Molho Negro que se juntam à intensidade de Jair Naves, um dos fundadores da banda Ludovic e que leva pela primeira vez para Belém as canções do mais recente disco solo.

O line fica completo com o duo YPU (“ruído do rio”, na língua indígena tupi-guarani), formado pela cantora e trompetista Ayla Gresta e o guitarrista e produtor musical Gustavo Halfeld, que levam de Brasília para Belém todo a aura eletrônica e experimental.

Já no dia 12 de setembro, também gratuito, o festival toma conta do Pier das Onze Janelas, apostando na cena local, em encontros inusitados e até mesmo abrindo espaço para celebrações como os 25 anos de Bidê ou Balde com o frontman e um dos líderes da banda Carlinhos Carneiro.

O Death Brega é um combo de rock paraense que vai juntar no mesmo palco Inesita, Elder Effe e a Banda Turbo em um show inédito com repertório variado entre novidades e hits dos artistas.

Cria das ruas de Icoaraci, distrito suburbano de Belém, Nic Dias é uma das protagonistas do rap paraense, representando a juventude negra periférica com rimas afiadas sobre a vida preta. Ela se apresenta acompanhada da DJ e multi artista Rafa Militão, amazonense que integra a banda de Sandra de Sá.

Outro encontro que promete incendiar o palco é o do artista indígena mato-grossense Eric Terena, que amplifica através da música o poder da ancestralidade. Ele se une à amazonense Karen Francis, considerada uma das revelações nacionais do R&B e que volta a se apresentar no Se Rasgum.

O Se Rasgum é associado à Abrafin e Circuito Amazônico de Festivais e têm como objetivo incentivar e fomentar a música independente por meio de produção musical, capacitação, promoção e conexões no mercado da música brasileira, especificamente da região da Amazônia Legal.

Em breve, o festival vai anunciar as atrações do Teatro Margarida Schivasappa e do Espaço Cultural Na Bêra.

SERVIÇO
19º Festival Se Rasgum
De 11 a 14 de setembro
Ingressos: MEIA – R$40,00 | INTEIRA SOLIDÁRIA – R$60,00 | INTEIRA – R$80,00 | BORA SE RASGAR – R$100,00
Venda on-line: www.ingressolive.com/19-festival-se-rasgum

VÍDEOS: veja as notícias do Pará

Link da fonte

Ver Artigo Completo